6 dicas para melhorar o movimento da sua loja!


São vários fatores que influenciam na experiência de compra do seu cliente e na tomada de decisão dele sobre voltar ou não ao seu ponto de venda. Pensando nisso, é importante avaliar como podemos melhorar a jornada dos seus consumidores. Melhorar o movimento da sua loja não é só sobre convidar mais pessoas, também é importante garantir que seus clientes voltem ao seu ponto de venda.


Quando analisamos essa experiência no contexto do autoatendimento, é ainda mais importante ter certeza que seu público tem uma jornada de compra sem atritos e que ele se sinta confortável no seu PDV.


O que é PDV?

Para contextualizar, PDV é a sigla para Ponto de Venda, que é o local onde o seu produto é exposto ou o serviço é prestado, por exemplo: Micro Market, Vending Machines, Gruas ou até lavanderias.

E como posso deixá-lo mais atrativo e melhorar o movimento da minha loja? Essa é a questão! Separei 6 dicas que podem ser decisivas para você sair na frente do seu concorrente e fidelizar o seu cliente. Vamos começar com nossa primeira dica: Layout.


Layout

Tenha uma atenção especial com a arquitetura da loja, é um fator chave para atrair consumidores. Os detalhes serão seu diferencial, aplicar as cores da sua marca de forma sofisticada, sempre alinhada com o seu público-alvo, pode ser uma boa pedida. Tenha certeza de que o layout é confortável para as pessoas andarem e que a jornada de compra faz sentido com o fluxo do layout.


Por exemplo, em um micro market é interessante que o cliente tenha acesso a todos os produtos disponíveis e depois ao totem. Já que o processo de compra é: escolher produtos e em seguida escanear e pagar. Já em uma lavanderia autônoma, o fluxo é diferente, primeiro o cliente acessa o totem e depois as máquinas de lavar e secar. Você quer melhorar o movimento na loja, tenha certeza de que há espaço e comodidade para que todos transitem de acordo com o fluxo de compra estabelecido para o seu negócio, a ideia é que seja algo natural, levando as pessoas a transitarem na loja de acordo com suas necessidades e interesses.


Iluminação

Tome cuidado com a quantidade de luz que você usa e qual a cor dela, dependendo do segmento que você atende, isso pode mudar a forma que seus clientes enxergam seu PDV. Normalmente, no varejo, a luz fria é utilizada, ela permite a visibilidade dos produtos nas suas cores reais, além de ser mais econômica. Ambientes com pouca luz, parecem abandonados, e muitas luzes coloridas atrapalham a visualização dos produtos. Por isso é importante pensar na iluminação do seu ponto de venda.


Música

Podemos ter a impressão que uma loja com música tocando está mais animada, dá a sensação de que muitas coisas estão acontecendo lá dentro e pode chamar consumidores curiosos para dentro. Mas, preste atenção na escolha da música ambiente, ela pode ser benéfica ou encurtar a jornada de compra do seu cliente. Uma música muito alta pode atrapalhar na hora de escolher, já que algumas pessoas ficam incomodadas com tantos estímulos ao mesmo tempo.


O estilo de música também precisa ser alinhado com os atributos da sua marca e o perfil dos seus consumidores e por isso a música ambiente tem de ser bem selecionada. Pense no seu perfil de cliente e em que tipo de música ele gostaria de ouvir, as vezes a resposta é: nenhuma!

Perfumes ou aromas

Uma ótima ideia para o ponto de venda é mantê-lo aromatizado. Parece uma dica esquisita, mas o ser humano tem memória olfativa, e ele vai lembrar da sensação boa de estar na sua loja! O aroma da sua loja pode ser um perfume em si, ou um cheirinho de comida no ar. Em lavanderias, por exemplo, é interessante deixar aquele cheirinho de roupa limpa sabe? Use isso a seu favor.


Tenha cuidado ao usar odores muito fortes ou que possam ser absorvidos por algum produto na sua loja, dependendo dos itens que você disponibiliza, perfumar sua loja pode não ser ideal, avalie se isso pode ser vantajoso para você.


Limpeza

Garanta que seu PDV esteja sempre limpo e organizado. Isso é quase obrigatório quando falamos do setor de varejo alimentício. Mas vale para todo ponto de venda. Seu cliente vai confiar mais nos seus produtos e serviços ao perceber que você mantém a limpeza e organização em dia.


Uma pessoa que percebe que sua lavanderia está sempre nas melhores condições, associa isso a prestação do serviço que você oferta a ele. Já no caso das vending machines, vai entender que você tem o mesmo critério para escolher fornecedores e produtos de qualidade. E essa confiança é essencial para o cliente voltar à sua loja!


Comunicação

Lembre-se que ninguém tem bola de cristal, principalmente quando falamos de autoatendimento, onde é preciso ser o mais assertivo possível! Como funciona o processo? Como efetuar o pagamento? Tenho que pagar antes ou depois de selecionar o produto? É preciso baixar um aplicativo? Como abrir a porta da geladeira?


Para quem convive com o autoatendimento há muito tempo, essas perguntas são quase bobas demais, porém, seu cliente não tem essas respostas assim tão fácil. Então tenha certeza de que, na comunicação visual do seu PDV, seu cliente pode entender a própria jornada de compra e voltar mais vezes! Vale usar adesivos explicativos, vídeos exemplificando a jornada ou até mesmo um flyer na caixinha de correios do condomínio para deixar tudo bem explicado.

 

Essas dicas são simples, mas podem melhorar o movimento na sua loja, já que transformam a experiência do cliente em uma jornada agradável, com tudo o que ele precisa para confiar na sua marca e se tornar um consumidor fiel.


Aproveite que as dicas estão frescas na sua mente e faça uma pequena lista com todos esses fatores para analisar. Converse com seus clientes e avalie como pode melhorar a experiência deles!


Se você está buscando soluções de gestão e pagamento nos setores de autoatendimento, entre em contato com um de nossos especialistas, a VMtecnologia tem o que você procura!

66 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo