Como usar o Push Notitication para vender mais?


Não é novidade para ninguém aqui que os usuários de micromercados são antenados e estão sempre procurando o que há de mais prático para suas rotinas. Por isso o push notification é uma das formas mais eficientes de se comunicar com esse público: uma mensagem sua, na palma da mão do seu cliente.


Peraí, mas o que é Push Notification?

Sabe aquela mensagem que você recebe na tela do seu smartphone quando faltam alguns minutos para iniciar uma reunião, do Calendário, chega um novo e-mail, do Google, ou mensagem do WhatsApp? Então, isso é um push notification.


Os aplicativos enviam essa mensagem para que nós façamos o acesso a eles, basicamente. E o app VMmarket tem o Push Notification como uma de suas tantas funcionalidades.


Por que usá-lo?

Bom, essa pergunta foi respondida lá no primeiro parágrafo, mas eu vou te explicar melhor aqui.

Hoje, abrir estratégias de comunicação com a audiência pretendida é muito fácil, temos diversas ferramentas disponíveis para isso. Mas como todo ponto tem um contraponto, a facilidade trouxe o excesso: todas as marcas fazem divulgação.


E aí, como você vai se destacar e chamar mais atenção que a grande rede varejista que vive colocando propaganda de desconto em canais de TV aberta? Fazendo relacionamento com seu cliente! Essa é uma das grandes vantagens do mercado de proximidade: conhecer melhor o consumidor.


Então, coloca a personalidade da sua marca e escreve uma mensagem certeira, que vai chamar a atenção do seu cliente e trazer identificação. Ao clicar em uma mensagem assim, envida via push, o cliente já acessa o aplicativo e isso traz uma enorme possibilidade desse acesso gerar uma venda.


Utilizando técnicas de Copywrinting, que tem o objetivo de levar o leitor a fazer uma ação ao ser impactado, você tem a possibilidade de criar textos que tragam resultados para o seu relacionamento com o cliente e, consequentemente, para o seu ponto de vendas.

Como chamar a atenção do meu cliente?

O primeiro é: a minha marca tem uma cara, certo? Sendo assim, ela tem um tom e uma voz. Por exemplo, se sua comunicação é toda colorida, o tom e a voz da sua marca será divertida. Se você vende pão e café, você pode chamar programar um Push Notification para as 7h da manhã, convidando o seu cliente para o momento de consumo dele.


Por exemplo:

“Huuum, por aqui já estamos sentindo o cheiro do pão e do café, fresquinhos. Quer tal vir aqui e sentir também?”


Agora se sua marca é mais sóbria, com características mais formais, você pode utilizar a mesma estratégia, com outro tom e voz:


“Comece o seu dia com um café e um pão, fresquinhos, conosco. Vem tomar café da manhã na VMtecnologia”


Se a mensagem não tiver a sua voz, o cliente não vai reconhecer sua marca. Então, capricha no texto e convide-o para uma ação.


Push certeiro para informar

Sabe aquele produto que você acabou de colocar para vender e quer testar a aceitação do público? Promova ele via de uma push. Informe seus clientes sobre questões da sua operação, como alguma manutenção, investimentos em melhorias.


Também é ótimo para divulgar promoções de desconto e promover a sua presença de marca com os clientes. O iFood, por exemplo, sempre manda push próximo aos horários das refeições. É um gatilho certeiro para gerar venda.


Enfim, a criatividade aí é o limite, mas claro, seguindo as boas práticas.


Boas práticas para Push Notification

Lembre-se: você precisa convencer ou informar o usuário em poucos caracteres. Pense que a mensagem principal precisa em ficar “na tela” do usuário e que tem, no máximo, 3 linhas para isso. Veja:


Leve em consideração que o título deve ser no máximo 40 caracteres e a mensagem, 120.

A sua mensagem deve oferecer para que veio logo de cara e chamativa, convidando o seu cliente para uma ação.


Ela também deve ser clara, não a espaço para ser genérico ou vago nesse tipo de ativação. Por exemplo, não use coisas como “já pensou em um produto” e sim “conheça o produto”.


Crie senso de oportunidade para motivar o seu usuário a fazer a ação que deseja. Nós funcionamos bem melhor quando nos deparamos com gatilhos de urgência, escassez, ganho ou perda. Quer um exemplo: “Você ainda não conhece o produto? Últimas unidades disponíveis.”.


Pense na seguinte equação para um texto eficiente:

Sujeito agente da ação + verbo + complementos.


Acrescente emojis nas suas mensagens, mas cuidado: eles devem estar sempre relacionados ao assunto. Ao utilizar os emojis você deixa a mensagem mais simpática, mais próxima ao usuário.


Um exemplo de um Push com essas boas práticas aplicadas? Segue:


Título: Tem novidade na (seu nome aqui)

Mensagem: Você ainda não conhece o nome do produto? 👀 Hoje chegaram algumas unidades. Vem conhecer. 👀


Outra boa prática a ser adotada é ter uma frequência, pois quem não é visto não é lembrado, mas evite o excesso de envios, afinal ninguém quer ser aquela marca chatona que manda mensagem o tempo todo.


A Push Notificiation é um canal de alto impacto e engajamento, então use-a com sabedoria. Observe os horários de envio e o retorno em seu ponto de venda e, com o tempo, você entenderá a melhor prática para a sua loja.


Ah, e para finalizar, revise o seu texto: verifique a gramática e observe se ele pode ser ainda mais objetivo. Ler seu texto em voz alta e de forma pausada te ajudará a achar pontos de melhorias e possíveis erros.


O VMpay oferece o serviço de Push Notification. Consulte nosso comercial e habilite-o para a sua loja. Seguindo as dicas desse artigo sua loja irá bater um bolão na comunicação com os clientes.

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo