Qual a melhor rede social para o seu negócio?

Atualizado: 29 de jul.



Redes sociais são ferramentas muito importantes para os empreendedores, não é à toa que, segundo o Centro Regional de Estudos do Brasil, 78% das empresas brasileiras, independente do porte, estão presentes em pelo menos uma delas.


Estar nas redes pode parecer uma decisão automática, mas requer planejamento e direcionamento. Sua presença online pode ajudar a alavancar as vendas, ou afastar o público da sua marca, se alguns cuidados não forem tomados.


A primeira coisa que você precisa pensar, antes de cair de cabeça nas redes, é onde sua empresa quer estar. Existem muitas redes sociais, mas nem todas serão interessantes para o seu negócio em específico. Trabalhar com vídeos, áudios, fotos, textos... tudo ao mesmo tempo, pode não ser a decisão correta.


É importante sempre lembrar da máxima “qualidade antes de quantidade”, estar presente na rede social certa, que tem impacto direto no dia a dia do seu consumidor e te ajuda a estreitar o relacionamento com ele, é muito mais significativo do que estar em todas as redes e não conseguir alcançar o público certo ou gerar um conteúdo relevante.


Pensando nisso, separei as principais redes sociais e algumas informações e números sobre elas, para que você possa decidir qual a melhor para seu negócio.


1. TikTok

Não é à toa que o TikTok tem mais de 4,72 milhões de usuários brasileiros na plataforma, a rede chinesa de pequenos vídeos invadiu a internet e cresceu exponencialmente durante a pandemia.


Aqui está o que você precisa saber antes de decidir entrar no TikTok:

  • 59% dos usuários são mulheres;

  • 66% dos usuários têm menos de 30 anos;

  • 25% dos usuários compram produtos depois de verem no TikTok;

Com esses dados, divulgados pelo TikTok no fim do ano passado, temos que perguntar, o meu público-alvo faz parte dessa plataforma? A rede social tem um alto índice de engajamento orgânico, o que significa que é fácil viralizar. MAS, seguir todas as tendências, sem manter o tom e a linha de comportamento da sua marca, pode acabar gerando um problemão.

O TikTok é divertido, mas quando se trata da imagem da sua empresa, é preciso pensar com serenidade: posso colocar a imagem da minha empresa como divertida? Vale a pena o CEO aparecer fazendo uma dancinha? Alinhe suas ações na rede com o público-alvo e com a imagem que sua marca quer manter no mercado.


2. Instagram

O Instagram, do grupo Meta, conta com 99 milhões de usuários no Brasil e surgiu com o foco principal de fotografias. Apesar de ter nascido com esse intuito, já se tornou muito maior, com a adição de Reels, Stories e lives. É uma rede social muito utilizada por influenciadores e também empreendedores de todos os tamanhos, oferecendo um contato direto com o público.


Sobre o Instagram:


  • 47% da população brasileira acessa a plataforma todos os dias;

  • 31% dos usuários brasileiros têm entre 25 e 34 anos;

  • 81% dos usuários utilizam o Instagram para procurar novos produtos e serviços;

Por ser uma das maiores plataformas do país, o seu púbico muito provavelmente estará no Instagram, o que é uma grande oportunidade para compartilhar as informações da sua empresa, além da rotina e humanizar cada vez mais o seu trabalho.

As pessoas se interessam mais por marcas que parecem humanas e se mantêm presente no dia a dia do cliente. Por isso o Instagram é uma rede tão valiosa.


3. Facebook

O Facebook é a maior rede social em nosso país, conta com 148 milhões de usuários brasileiros, segundo os dados divulgados pela empresa em 2021. Há algum tempo os mais jovens se afastaram da rede, mas mesmo assim, o Facebook ainda apresenta uma oportunidade interessante para empreendedores.


Sobre o Facebook:

  • 28,4% dos usuários têm entre 25 e 34 anos;

  • 98,5% dos usuários acessam o Facebook apenas pelo celular;

  • 2021 apresentou um aumento de 56% dos investimentos em anúncios no Facebook;

O Facebook pode parecer uma rede em desuso para algumas pessoas, mas se mantém como a rede com mais usuários no Brasil. No Facebook é possível explorar o uso de vídeos, imagens e textos, além da plataforma contar com a funcionalidade de grupos, que ajuda a criar um senso de comunidade entre seus seguidores e clientes, dependendo do seu modelo de negócio.


4. Twitter

O Twitter é uma das redes mais desafiadoras para trabalhar como marca, devido ao caráter imediato das publicações, além de precisar de monitoramento constante e uma estratégia bem desenvolvida. Atualmente conta com 19,05 milhões de contas ativas no Brasil. Grandes empresas utilizam o Twitter para estreitar o relacionamento com os clientes, gerar engajamento e conhecimento de marca.


Conheça alguns números sobre essa rede:

  • 61% dos entrevistados utilizam a rede pelo menos uma vez por dia;

  • 74% dos usuários brasileiros seguem o perfil de alguma marca ou empresa;

  • 41% dos usuários brasileiros já desistiram de uma compra após verem reclamações sobre a marca/produto do Twitter;

Como podemos ver, o Twitter é uma plataforma que demanda atenção, participar pode render frutos muito positivos, ou expor os pontos fracos do seu negócio. Dados divulgados pelo Twitter e Opinion Box.


5. LinkedIn

Já faz muito tempo que o LinkedIn deixou de ser um currículo online e se tornou um ambiente muito promissor para a presença de empresas. Com 51 milhões de usuários brasileiros, ainda é muito focado no público B2B e em contratações, o LinkedIn não é uma rede social interessante para qualquer empresa. Tudo depende, novamente, de quem é o seu cliente, e qual a chance de você alcançá-lo de forma eficiente nesta rede.


Conheça algumas estatísticas sobre o LinkedIn, segundo a pesquisa da Opinion Box:

  • 51% dos entrevistados têm entre 30 e 49 anos;

  • 61% dos entrevistados usam a rede para procurar emprego;

  • 60% dos entrevistados acreditam que o LinkedIn é um canal importante para a divulgação da empresa;

No LinkedIn você pode usar e abusar dos textões, vídeos, fotos e artigos. É uma rede focada no mundo corporativo, mas que também se interessa muito por aprendizados e cultura empresarial. Mesmo que seu foco não seja B2B, o LinkedIn oferece um espaço vantajoso para procurar colaboradores e consolidar a imagem da sua empresa como especialista.

 

Agora que você já conhece as principais redes sociais, é o momento de responder à pergunta “O meu público-alvo está em qual plataforma?”. Os números de cada uma são essenciais para enxergarmos as oportunidades e o potencial que cada uma tem, mas não são o ponto decisivo.


O mais importante mesmo é conhecer seu público e entender qual plataforma faz mais sentido para você e também para o consumidor. Por isso, é necessário planejamento e estratégia para decidir qual a melhor opção para alcançar seu público.


Para receber mais dicas e informações sobre os mercados de autoatendimento que não param de crescer, acompanhe nosso blog.

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo