5 dicas para te ajudar a criar a identidade visual da sua marca.

Atualizado: 15 de jun.



Em um mercado tão competitivo, com várias empresas em diversos segmentos, é essencial que sua marca se destaque no mercado. Seja no ramo de micro markets, lavanderias ou até na vending machine, a identidade visual vai ajudar seu cliente a te reconhecer e a criar uma relação com sua empresa.


Como você faz para reconhecer os produtos da sua marca favorita? Pelo nome da marca, cores ou logo?


Os elementos que você usa para reconhecer uma empresa estão dentro do projeto de identidade visual da marca. Para a sua empresa não é diferente. São os elementos, cores, fontes, símbolos que o consumidor usa, as vezes até de forma inconsciente, para reconhecer, se identificar e interagir com sua empresa.


A identidade visual da sua marca vai passar a mensagem da sua empresa.

Por exemplo, se o seu micro market é focado em produtos saudáveis, uma identidade visual que comunique essa preocupação com a saúde e a qualidade dos alimentos, pode te ajudar a alcançar seus clientes com mais eficiência.

Por isso que o processo de desenvolvimento de uma identidade visual é tão importante. Pensando em te ajudar, preparei um passo a passo com o que você precisa fazer para preparar a identidade visual da sua empresa.


Lembrando que, a identidade visual é uma etapa importante na criação do seu negócio, mas ela tem que acontecer quando você já tiver informações do seu plano de negócios.


Porque uma logo é muito mais do que a representação gráfica do nome da sua empresa, é uma representação do posicionamento, cultura e área de atuação da sua marca.


1 – Comece pelo briefing

A área do marketing é cheia de palavras em inglês, então “briefing” nada mais é que um documento que reúne pontos importantes para a construção de alguma coisa, seja um site, uma campanha ou uma identidade visual.

Por exemplo, se você quer uma identidade visual para sua empresa, não pode simplesmente escolher uma cor e pedir a um designer. O profissional precisa saber mais sobre sua empresa e sobre como você gostaria de comunicar com seu público.


Importante lembrar que você pode fazer um briefing para si mesmo, com o documento pronto, você pode passar para um designer ou simplesmente usar as informações para se organizar melhor.


Mas como eu monto um briefing?


Não se preocupe! Selecionei as perguntas mais importantes que você precisa responder para montar um bom briefing de identidade visual. (Você também pode baixar a versão para impressão do Briefing para Identidade Visual, aqui).

  • Quem é seu público-alvo?

  • Que imagem a sua marca quer transmitir?

  • Quais as principais características da sua marca?

  • Há preferência por alguma cor?

  • Quais palavras definem o que a marca?

  • Qual o diferencial da sua empresa?

  • Tem alguma referência visual?

  • Quem são seus principais concorrentes?

2 - Analise seus concorrentes

Conhecer o mercado e a sua concorrência é essencial para escolher como se comunicar visualmente. Essa pesquisa é importante para você ter uma ideia de, por exemplo, as cores mais usadas e os elementos, e ter certeza de que sua identidade não vai ficar parecida ou ser confundida com outras marcas.


3- Brainstorming

Aqui estamos com outra palavra em inglês, “brainstorming” quer dizer chuva de ideias. É nesse momento que você vai pegar todas as informações que coletamos no briefing e na pesquisa de concorrência e começar a pensar na sua identidade.

Faça alguns esboços, procure ajuda de familiares, amigos e até possíveis clientes. Para ter certeza de que a ideia que você construiu para sua identidade, faz sentido para outras pessoas que conhecem sua empresa.

3- Depois disso, defina a fonte, cor e estilo.

Essa etapa é hora de dar uma cara para aquilo que foi rabiscado anteriormente. Você já tem uma ideia, mas precisa decidir alguns aspectos que vão te acompanhar visualmente por muito tempo dentro da empresa.

O que você precisa considerar na hora de escolher uma fonte?

  • Se tem suporte para caracteres especiais

A língua portuguesa tem alguns detalhes importantes que nem sempre estão disponíveis em qualquer fonte. Então tenha certeza de que sua fonte tem os acentos e o cedilha, disponíveis, para que você possa usar essa mesma fonte em todos os seus materiais escritos sem se preocupar.

  • Se o uso precisa de uma licença especial

Algumas fontes têm licença para uso pessoal e outras para uso comercial. Mas você também tem a opção de comprar a licença de uma fonte. Ter uma fonte própria, pode dar uma autenticidade à sua marca, já que a maioria das pessoas procura uma fonte gratuita para usar.

  • Se está disponível nos programas de edição

Outro detalhe importante é conseguir acessar sua fonte! Não precisa escolher uma fonte muito comum, mas também fuja de fontes “diferentonas” demais, que não estarão disponíveis nos programas de edição, por exemplo.

  • Se é fácil de ler

Legibilidade é um fator essencial na hora de escolher sua fonte. Algumas fontes não são tão legíveis quanto outras, e escolher uma fonte mais simples pode facilitar a leitura dos seus materiais e garantir que todos vão entender a mensagem que ela está passando. Afinal, o foco é comunicar claramente e não dificultar para o seu consumidor.


O que você precisa considerar na hora de escolher as cores da sua marca?

  • Escolha entre duas e três cores

Criar uma boa paleta de cores para a sua identidade visual é um dos trabalhos mais importantes e com maior representatividade comercial para a sua empresa. Capazes de criar sensações e despertar sentimentos, as cores são bastante poderosas e, por isso, devem ser estudadas antes de serem aplicadas.

Nada de transformar sua marca num arco-íris logo de cara. Temos que começar com o mais simples. Recomenda-se escolher duas ou três cores para sua marca, uma cor principal, que provavelmente estará presente na logo, e cores secundárias, que você pode usar para complementar.

  • Fica bem impressa

Cuidado com a combinação de cores. Algumas cores podem ficar bonitas e fáceis de visualizar no computador, mas em materiais impressos não ficam sempre assim. Procure cores que vão ficar bonitas impressas e no ambiente digital.

  • Atrapalha a leitura

Uma página com fundo preto e escrita em amarelo, não é exatamente confortável para a leitura. Tenha cuidado com o contraste das suas cores em relação ao texto, que normalmente vai ser branco ou preto.

  • Se remete a outras marcas

Cuidados com as cores que são muito famosas! Já pensou? Se você escolher o roxo do Nubank ou o verde do Starbucks, tem a chance de ser confundido com essas marcas. Então, de uma pesquisada também nas marcas que não fazem parte do seu setor de mercado, mas que tem uma presença visual muito forte.


O que você precisa considerar na hora de escolher o estilo da sua marca?

  • Definir as formas que conversam com seu público

Podemos voltar ao primeiro e segundo item da nossa lista. Estude a concorrência e conheça seu público-alvo. Tente identificar quais marcas seu cliente consome e perceber se elas são marcas mais sérias ou divertidas. Isso vai ajudar a dar um norte nas formas e no estilo geral que sua identidade visual deve seguir.

4 – Faça alguns testes!

Você já decidiu algumas coisas, cores, fonte e talvez até o estilo, então está na hora de botar a mão na massa! Existem alguns sites que oferecem templates gratuitos para você criar sua logo, o que pode ser um ótimo começo para colocar suas ideias no papel.


Claro que você também pode desenhar, ou só descrever como imagina a identidade visual da sua empresa.


Eu recomendo esse site da Adobe para a criação de logos e materiais para sua marca, é uma alternativa gratuita com muitas opções de formas e fontes: https://express.adobe.com/pt-BR/sp/


Mas a dica mais importante de hoje é a número 5!


5 – Contrate um profissional!

Nem sempre, no primeiro momento, temos acesso à um designer para fazer todo o processo de criação, mas assim que possível é importante deixar que um profissional te ajude a atualizar ou criar do zero uma nova identidade para sua empresa.


O aspecto visual da sua empresa é muito importante, e por isso precisa ser levado a sério.

 

Com essas 5 dicas, você tem tudo que precisa para começar a planejar e até executar a identidade visual para sua empresa!


Precisa de soluções de autoatendimento para sua empresa? A VMtecnologia tem o que você procura! Converse com um dos nossos consultores para saber mais sobre nossos produtos e soluções.

74 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo